Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/26489
Title: A IMPORTÂNCIA DA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA PARA O DIAGNÓSTICO DA ESCLEROSE MÚLTIPLA
Authors: OLIVEIRA, SULAMITA DOS SANTOS
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Keywords: Esclerose Múltipla Ressonância Magnética;Esclerose Múltipla Diagnóstico
Issue Date: 2017
Abstract: Para a realização do trabalho, utilizou-se pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa e quantitativa, tendo como objetivo destacar a importância da ressonância magnética para o diagnóstico da esclerose múltipla, através de uma investigação em literatura especializada, em base de dados nacionais e estrangeiras, em plataforma google Acadêmicos, PUBMED e SCIELO, dos quais, atenderam aos critérios de seleção, os artigos científicos de texto completo, no período de 2001 a 2017. A Esclerose Múltipla caracteriza se pela localização de múltiplas placas de desmielinização causando se a incorreta transmissão dos impulsos nervosos. Embora de causa desconhecida, muitos fatores podem interferir para sua causa, como predisposição genética e interferências ambientais. Os sintomas são imprevisíveis e incertos e variam de acordo com a região afetada. A esclerose múltipla tem um forte impacto na vida do indivíduo por isso é de suma relevância o diagnóstico precoce da doença. Embora o exame seja clínico, a ressonância magnética é tida como a primeira ferramenta importante no diagnóstico e tem papel necessário na confirmação da doença já que detecta as lesões da substância branca e o acompanhamento da doença.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/26489
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SULAMITA DOS SANTOS OLIVEIRA_1750630_assignsubmission_file_SULAMITA_OLIVEIRA_TCC_PDF.pdf
  Restricted Access
396.84 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.