Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/24142
Title: AVALIAÇÃO DA INSTABILIDADE CROMOSSÔMICA E À ASSOCIAÇÃO DO POTENCIAL RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE CÂNCER EM TRABALHADORES RURAIS EXPOSTOS A AGROTÓXICOS
Authors: VICENTE, JEFFERSON TENNESSE DA SILVA
Type: Dissertação
Keywords: Micronúcleos;Trabalhadores Rurais
Issue Date: 2019
Abstract: A exposição ocupacional de trabalhadores rurais aos agrotóxicos hoje é um tópico discutido em política pública, devido aos efeitos deletérios a saúde humana. A atividade laboral no campo expõe o trabalhador a estas substâncias químicas levando ao desencadeamento de danos genotóxicos, podendo ativar vias envolvidas na carcinogênese o que pode contribuir para o desenvolvimento de câncer. Um importante biomarcador para avaliação e indicação de possíveis danos cromossômicos em populações expostas a fatores carcinogênicos e/ou mutagênicos são os micronúcleos (MN), principalmente o ensaio em células da mucosa bucal bem difundido na literatura cientifica. OBJETIVO: Avaliar a instabilidade cromossômica e a potencial associação do risco de desenvolvimento de câncer em trabalhadores rurais expostos a agrotóxicos. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional transversal. Foram incluídos 80 trabalhadores rurais expostos a agrotóxicos, 80 indivíduos sem histórico de exposição. Um questionário das características demográficas, histórico ocupacional e do uso de agrotóxicos foi aplicado nos participantes da pesquisa. Para as análises estatísticas foram utilizados o teste qui-quadrado de Pearson kruskal wallis, Mann-Whitney e correlação de Spearmann e regressão de Poisson univariada e com múltiplas variáveis. Para as análises de instabilidade cromossômica foi utilizado o protocolo de avaliação de micronúcleos em células bucais. RESULTADOS: Nas análises sócio-demográficas foi observada predominância do sexo masculino em ambos os grupos. Na avaliação dos fatores confundidores, tais como, idade, tabagismo e etilismo em ambos os grupos, obteve-se diferença estatisticamente significante para o consumo de tabaco no grupo exposto. O tempo de trabalho no campo do grupo exposto foi em média de 29 anos. Nas avaliações da genotoxidade, citoxicidade e morte celular, pelo ensaio de MN, demostrou-se o aumento significativo de MN nos trabalhadores rurais, maior frequência de células binucleadas, cromatina condensada e cariorrexe. Nas análises de dados de comparação entre os grupos, revelaram que o trabalhador rural apresenta maior frequência de MN, células binucleadas, ponte nucleoplasmática, cariorrexe e cromatina condensada. Nas análises univariadas da relação entre os fatores confundidores e anomalias celulares, não demonstraram influência no aumento da frequência de MN. Nas análises de correlação por regressão de Poisson entre as anomalias nucleares e os agrotóxicos utilizados pelos trabalhadores, demostrou-se maior tendência de aumento da frequência de MN, para os participantes expostos aos agrotóxicos glifosato e atrazina. No modelo de regressão de Poisson de múltiplas variáveis foi encontrada maior prevalência de micronúcleos, células binucleadas e cromatina condensada quando os trabalhadores utilizavam o herbicida glifosato. CONCLUSÃO: Este estudo revelou o aumento da frequência de anomalias celulares referentes a genotoxicidade, citotoxicidade e morte celular no grupo de trabalhadores expostos aos agrotóxicos. Foi possível pelas análises de regressão de Poisson demonstrar a tendência de aumento da frequência de MN, para os indivíduos expostos aos agrotóxicos glifosato e atrazina. Sendo assim, nossos resultados sugerem que a utilização dos pesticidas está associada a eventos genotóxicos que podem ser envolvidos no potencial risco de câncer.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/24142
Appears in Collections:Dissertações do Mestrado em Ambiente e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jefferson Tennesse da Silva Vicente Corrigido.pdf2.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.