Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/28951
Title: A COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA NO ALZHEIMER: REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA
Authors: BONILLO, PAMELA MARQUES
Type: Trabalho de Conclusão de Curso
Keywords: Doença de Alzheimer
Issue Date: 2019
Abstract: A doença de Alzheimer é uma patologia neurodegenerativa cuja principal característica é a demência. Os pacientes portadores desta patologia possuem uma perda significativa da linguagem e das funções cognitivas, os distúrbios cognitivos podem variar de retardo mental grave, incapacidade de recordar coisas até a perda ou desordem de funções cognitivas especificas como a comunicação, originando uma complicação na interação social. Necessita-se assim estratégias facilitadoras para auxiliar esta comunicação como a comunicação alternativa. Esta por sua vez tem como objetivo compensar e facilitar, temporariamente ou permanentemente, a comunicação de pessoas com distúrbios na linguagem oral ou escrita. OBJETIVO: O estudo teve como objetivo compreender os efeitos que as intervenções da comunicação alternativa podem trazer para pacientes com a doença de Alzheimer. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa de caráter qualitativo e descritivo. A revisão sistemática da literatura, foi realizada através da busca de artigos publicados nas bases de dados indexadas como Lilacs, Pub med, scielo e Psychinfo, publicados nos últimos quinze anos, em português e inglês. RESULTADOS: Foram analisados 28 artigos. Dentre estes, 2 estudos verificaram a intervenção da comunicação alternativa no Alzheimer, 12 certificaram-se das alterações da linguagem e cognição relacionadas com o Alzheimer, sendo 12 deles sobre o uso de recursos tecnológicos na doença de Alzheimer, e 2 sobre a comunicação alternativa. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Neste estudo, constatou-se que a aplicação da comunicação alternativa na doença de Alzheimer, não apresenta resultados satisfatórios, pois no estágio moderado e tardio da patologia, a linguagem inadequada, compreensão limitada, déficit graves de cognição, dificulta a aplicação satisfatória dessa ferramenta de auxílio. Baseados em cada critério mencionado no trabalho, podemos observar que mais pesquisas são necessárias nesta área para compreender quais os meios alternativos de comunicação que podem ser oferecidos a esses pacientes para ajudá-los a relacionarem socialmente e com seus cuidadores, pois a convivência com os cuidadores se tornam mais agradáveis e prazerosa mantendo sua funcionalidade e identidade.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/28951
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão do Curso de Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAMELA_MARQUES_BONILL_ATIVIDADE+3.pdf
  Restricted Access
513.19 kBAdobe PDFView/Open Request a copy


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.