Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/31286
Title: AVALIAÇÃO DA INGESTÃO DE Bifidobacterium animalis susbp. lactis HN019 NOS PARÂMETROS BIOQUÍMICOS E ANTROPOMÉTRICOS DE INDIVÍDUOS COM SOBREPESO
Authors: BARROS, YASMIN CARLA DE LIMA
Type: Dissertação
Keywords: Sobrepeso;Bifidobacterium lactis
Issue Date: 2020
Abstract: O sobrepeso tem se mostrado um expressivo problema de saúde pública no mundo, tendo em vista que se trata de um precursor da obesidade. O risco do desenvolvimento de outras doenças crônicas, como, diabetes mellitus tipo 2 (DM2), dislipidemia, doenças cardiovasculares, entre outras é aumentado nesse grupo de indivíduos. A adoção de uma dieta saudável, com inclusão de probióticos e produtos lácteos fermentados, associada à prática regular de exercícios físicos são importantes na prevenção do sobrepeso. Alimentos com adição de probióticos, como bifidobactérias, são alvos de investigação, tendo em vista a capacidade destes microrganismos de promoverem vários efeitos favoráveis a saúde, como por exemplo, a redução do índice de massa corporal, triglicerídeos, colesterol total, glicose e insulina, além da promoção do equilíbrio da microbiota intestinal. Os efeitos de um leite probiótico com B. lactis HN019 e um controle, foram avaliados em trinta e um indivíduos com sobrepeso, os quais foram divididos em dois grupos: grupo controle, que ingeriu leite esterilizado (n = 16) (GC) e grupo probiótico (GP) (n = 15) que consumiu o leite probiótico durante 60 dias. Os efeitos da B. lactis foram avaliados por dados antropométricos: perímetro da cintura e do quadril e cálculo de índice de massa corporal (IMC). Também foi avaliada a pressão arterial e alguns parâmetros bioquímicos: colesterol total, colesterol HDL, colesterol LDL, triglicerídeos (TG), glicose e insulina, gama-glutamiltransferase (GGT), alanino aminotransferase (ALT), aspartato aminotransferase (AST), PCR-Ultrassensível, creatinina e ferritina em amostras sanguíneas dos voluntários nos tempos zero e após 60 dias de intervenção. Após ingestão diária de 80 mL do leite probiótico, os indivíduos do GP apresentaram redução significativa na circunferência do quadril (p= 0,002) nos níveis de TG (p=0,030), colesterol LDL (VLD) e colesterol LDL (TRI2) (p= 0,030). Houve também um aumento de 25,28% nos níveis de colesterol HDL (p=0,012). Não houve alteração significativa (p>0,05) nos parâmetros inflamatórios analisados, no entanto foi possível observar redução de 20% nos níveis de PCR-Ultrassensível. Em conclusão, os dados apresentados sugerem que intervenções clínicas com o uso da linhagem B. lactis HN019, podem promover um efeito positivo na saúde de indivíduos com sobrepeso, melhorando o perfil lipídico, o que pode levar à melhora da saúde com consequente redução dos fatores de risco cardiovasculares em pacientes com sobrepeso.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/31286
Appears in Collections:Dissertações do Mestrado em Ciência e Tecnologia de Leite e Derivados

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO YASMIN LIMA BARROS.pdf878.68 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.