Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/31416
Title: A PERSPECTIVA DE ALUNOS DO ENSINO SUPERIOR SOBRE BRINQUEDOTECAS EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM E AS CONTRIBUIÇÕES DO DESIGN
Authors: NISHIDA, ANA LÚCIA KEIKO
Type: Dissertação
Keywords: Brinquedoteca virtual;Ambiente Virtual de Aprendizagem
Issue Date: 2021
Abstract: O presente trabalho fez parte de uma pesquisa apresentada ao Programa de Mestrado em Metodologias para o Ensino de Linguagens e Tecnologias Pitágoras Unopar e está integrada ao projeto de pesquisa “Jogos e Tecnologias no Processo de Ensino e Aprendizagem”, aprovado pelo comitê de ética. O interesse em pesquisar as brinquedotecas virtuais deu-se pelo fato de a geração atual buscar cada vez mais por ambientes virtuais. Neste cenário, as brinquedotecas virtuais configuram-se como locus atrativo, por sua proposta de articulação entre ludicidade e tecnologia, sendo exploradas por crianças e por adultos em cursos de formação. Os cursos de Pedagogia e de Design são os que mais utilizam estes espaços, e neste contexto o design participa com o conhecimento específico sobre a construção destes ambientes. Mas será que alunos de diferentes áreas do conhecimento já tiveram acesso e experiência com brinquedotecas virtuais? Como os alunos concebem o uso de brinquedotecas virtuais em sua formação? Quais as percepções que os alunos têm sobre as contribuições do design para a construção de brinquedotecas virtuais? A presente pesquisa analisou as percepções e o conhecimento de alunos de diferentes cursos do Ensino Superior sobre a utilização de brinquedotecas em ambientes virtuais. Verificou, ainda, o conhecimento e as percepções dos alunos sobre as contribuições do design em brinquedotecas virtuais de aprendizagem e a inclusão desta ferramenta em seus processos formativos. A pesquisa, caracterizada como descritiva, contou com a participação de 1.441 alunos, que responderam a um questionário on-line aplicado por meio do Google forms. A análise dos dados foi quantitativa e qualitativa, permitindo a formação de quatro eixos temáticos, sendo eles: a) acesso e experiência em brinquedotecas presentes em ambientes virtuais de aprendizagem; b) percepções sobre brinquedotecas virtuais em variados cursos de formação/ graduação; c) design e jogos em ambientes virtuais de aprendizagem; d) significações: contribuições do design para brinquedotecas em ambientes virtuais. Os resultados indicaram que a maioria dos alunos não teve acesso a brinquedotecas virtuais e aqueles que a experienciaram apresentaram percepções positivas, incluindo sentidos como inclusão social digital, interações entre real e virtual, busca pelo conhecimento de forma lúdica, etc. Em seus processos formativos os alunos indicaram a necessidade de mais conteúdos relacionados ao tema. Em relação às contribuições do design, os alunos reconheceram sua importância, mas relacionaram esta área de conhecimento aos jogos virtuais e não necessariamente ao ambiente virtual que contempla uma brinquedoteca. Foi possível concluir que, na perspectiva dos alunos, as brinquedotecas em ambientes virtuais de aprendizagem, pelo potencial de conhecimento em rede que proporcionam, devem ser apresentadas por diferentes cursos como uma proposta inovadora de ensino e aprendizagem de alunos e crianças.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/31416
Appears in Collections: Teses e Dissertações do Mestrado em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Lucia Keiko Nishida - UNOPAR - Dissertacao Biblioteca 18.3.2021.pdf974.18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.