Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/32167
Title: REPRODUTIBILIDADE E VALIDADE DE UM TESTE FUNCIONAL SIMPLIFICADO DE MEMBROS SUPERIORES PARA INDIVÍDUOS COM ASMA E DOENÇA PULMONAR OBSTRUTIVA CRÔNICA
Authors: CORREIA, NATIELLY BEATRIZ SOARES
Type: Dissertação
Keywords: Asma;DPOC
Issue Date: 2021
Abstract: Introdução: As atuais evidências sugerem que a avaliação de membros superiores (MMSS) pode ser útil para identificar disfunções sistêmicas de indivíduos com doenças pulmonares obstrutivas crônicas. Entretanto existe uma escassez de testes de campo para avaliação dos mesmos. Para viabilizar a aplicabilidade clínica do teste funcional upper extremity function (UEF), uma versão simplificada foi idealizada e as propriedades métricas desse instrumento foram investigadas. A proposta é modificálo em busca de praticidade e baixo custo para avaliar a funcionalidade em adultos com doenças respiratórias crônicas (upper extremity function – simplificado; UEF_S). Objetivo: Verificar a validade, investigar a reprodutibilidade intra-avaliador, e estabelecer a Mínima Diferença Detectável (MDD) e o efeito aprendizado do teste UEF_S para adultos com asma moderada-grave e com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Métodos: Estudo transversal com três amostras: indivíduos com diagnóstico de asma moderada-grave, DPOC e sem comprometimento pulmonar. Foi avaliado função pulmonar, Teste da Caminhada de 6 minutos (TC6min), teste UEF_S, o qual era realizado duas vezes pelo mesmo avaliador (teste-reteste) e o desfecho foi o número de flexões de cotovelo em 20 segundos [rep]. Além disso, foram realizados teste de força de preensão palmar (FPP) com o dinamômetro manual, e funcionalidade com o teste Timed-up-and-go usual (TUGusual) e máximo (TUGmáx). Foram utilizados coeficiente de correlação de Spearman (validação do UEF_S) e o coeficiente de correlação intraclasse (ICC) (reprodutibilidade intra-avaliador) e estabelecido a MDD. Resultados: No total, foram analisados 86 indivíduos com doença pulmonar (47 mulheres, idade 58 [45 - 70] anos, VEF1 69 [54 - 84 ] %pred, VEF1/CVF 65 [55 - 77], IMC 27,9 [24,5 - 32,2] kg/m²) e 86 indivíduos sem comprometimento pulmonar pareado por gênero, idade, peso, altura e IMC O UEF_S se correlacionou com o teste de FPP (r= 0,22), TUGusual (r= -0,47), TUGmáx (r= - 0,48) e TC6min (r= 0,53); (P<0,047, para todos), encontramos diferença entre os grupos com vs sem comprometimento pulmonar, indicando um pior desempenho funcional nos indivíduos com doença pulmonar crônica, P = 0,0046. O valor de ICC do teste-reteste foi de 0,91, e não houve diferença estatística quando comparados pelo teste de Wilcoxon (P= 0,7747), porém com uma diferença da média e variabilidade (intervalo de confiança 95%) nas avaliações individuais demonstradas pela análise de Bland & Altman de - 0,004 (8,706; - 8,590) repetições. O valor encontrado para MDD foi de 0,96 repetições (ou 0,4%) e 36% da amostra apresentou um melhor desempenho no segundo teste. Conclusão: O UEF_S é uma ferramenta simples, válida e reprodutível para avaliar funcionalidade dos membros superiores em indivíduos com asma e DPOC de moderada-grave. Ao ser aplicado na forma simplificada, o teste passa a ser considerado rápido, de baixo custo e com um desfecho (i.e. número de flexões de cotovelo) de fácil interpretação.
URI: https://repositorio.pgsskroton.com//handle/123456789/32167
Appears in Collections:Teses e Dissertações do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Natielly_Correia_OK.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.